>, Notícias TV UERJ>Estreia ‘Todas as Línguas’, documentário do CTE em parceria com Futura

Estreia ‘Todas as Línguas’, documentário do CTE em parceria com Futura

Documentário do CTE sobre projeto LetraJovem estreia no Canal Futura
Exibição na Uerj será no dia 10 de julho

No dia 10/7, às 14h, o Centro de Tecnologia Educacional da Uerj (CTE) fará a sessão de estreia do documentário “Todas as línguas”, vencedor do I Pitching Social do Canal Futura. Nessa modalidade de concurso, universidades das regiões sudeste e centro-oeste apresentaram projetos para um documentário de 15 minutos com a temática “Juventudes”, e a proposta do CTE foi a grande vencedora. O documentário foi produzido com apoio financeiro do Canal Futura e, a partir de 9 de julho, estará na grade de programação da emissora.

Além da UERJ, Concorreram também ao Pitching: USP, UFMS, UNITAU, ESPM, UFOP, UFG, UEG, ESALQ, UVV, UFF, PUC MG, PUC Campinas, PUC SP, UNESP, UNIMEP, UNAERP e UNIPAR.

O vídeo “Todas as línguas” conta a história de jovens em situação de vulnerabilidade social, que fizeram da língua portuguesa um caminho para a inclusão, por meio do Projeto LetraJovem – Oficinas de língua portuguesa para adolescentes e jovens em conflito com a lei. Com as oficinas de leitura e escrita, eles resgataram sua cidadania e mudaram o olhar não só para o idioma, mas para a vida. O projeto é desenvolvido por docentes e alunos da Faculdade de Formação de Professores da Uerj (FFP), em São Gonçalo.

O LetraJovem – O Projeto LetraJovem é uma ação de extensão e inclusão social, fruto da parceria da Uerj com duas instituições estaduais: o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, através do Departamento de inclusão Social (DEAPE/TJERJ); e o Centro de Recursos Integrados de Atenção ao Adolescente de São Gonçalo (CRIAAD/SG). Seu propósito mais amplo é desenvolver metodologias de ensino voltadas aos jovens, principalmente quanto à leitura e à produção de textos, contribuindo para o combate às desigualdades escolares.

O público é composto por adolescentes, jovens e adultos divididos nos seguintes grupos: jovens de 16 a 24 anos que cometeram infrações e cumprem, ou já concluíram, medida socioeducativa de semiliberdade ou liberdade assistida; jovens de 18 a 24 anos oriundos de famílias de baixa renda ou em situação de risco social; pais e mães de famílias em risco social e egressos do sistema penitenciário.

Em sua maioria, esses adolescentes são falantes de variantes do português dotadas de pouco prestígio social e, por isso, alguns desafios do projeto são combater o preconceito linguístico e discutir o ensino de língua portuguesa em contextos de exclusão. Hoje, há mais de 190 mil jovens cumprindo medidas socioeducativas no Brasil, de acordo com o Conselho Nacional de Justiça. Entre eles, a evasão escolar chega a 70%, mas o Projeto LetraJovem tem conseguido ótimos resultados, contribuindo para a integração produtiva dessa juventude à sociedade.

Clique aqui e assista ao documentário “Todas as Línguas”.


Todas as línguas – duração: 15 min; direção: Cássia F. Andrade

Data: 10 de julho de 2019

Horário: 14h

Local: Auditório da Reitoria

2019-07-11T19:18:10+00:00