>, Notícias TV UERJ>Estreia ‘Todas as Línguas’, documentário do CTE em parceria com Futura

Estreia ‘Todas as Línguas’, documentário do CTE em parceria com Futura

2019-07-11T19:18:10+00:00

Documentário do CTE sobre projeto LetraJovem estreia no Canal Futura
Exibição na Uerj será no dia 10 de julho

No dia 10/7, às 14h, o Centro de Tecnologia Educacional da Uerj (CTE) fará a sessão de estreia do documentário “Todas as línguas”, vencedor do I Pitching Social do Canal Futura. Nessa modalidade de concurso, universidades das regiões sudeste e centro-oeste apresentaram projetos para um documentário de 15 minutos com a temática “Juventudes”, e a proposta do CTE foi a grande vencedora. O documentário foi produzido com apoio financeiro do Canal Futura e, a partir de 9 de julho, estará na grade de programação da emissora.

Além da UERJ, Concorreram também ao Pitching: USP, UFMS, UNITAU, ESPM, UFOP, UFG, UEG, ESALQ, UVV, UFF, PUC MG, PUC Campinas, PUC SP, UNESP, UNIMEP, UNAERP e UNIPAR.

O vídeo “Todas as línguas” conta a história de jovens em situação de vulnerabilidade social, que fizeram da língua portuguesa um caminho para a inclusão, por meio do Projeto LetraJovem – Oficinas de língua portuguesa para adolescentes e jovens em conflito com a lei. Com as oficinas de leitura e escrita, eles resgataram sua cidadania e mudaram o olhar não só para o idioma, mas para a vida. O projeto é desenvolvido por docentes e alunos da Faculdade de Formação de Professores da Uerj (FFP), em São Gonçalo.

O LetraJovem – O Projeto LetraJovem é uma ação de extensão e inclusão social, fruto da parceria da Uerj com duas instituições estaduais: o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, através do Departamento de inclusão Social (DEAPE/TJERJ); e o Centro de Recursos Integrados de Atenção ao Adolescente de São Gonçalo (CRIAAD/SG). Seu propósito mais amplo é desenvolver metodologias de ensino voltadas aos jovens, principalmente quanto à leitura e à produção de textos, contribuindo para o combate às desigualdades escolares.

O público é composto por adolescentes, jovens e adultos divididos nos seguintes grupos: jovens de 16 a 24 anos que cometeram infrações e cumprem, ou já concluíram, medida socioeducativa de semiliberdade ou liberdade assistida; jovens de 18 a 24 anos oriundos de famílias de baixa renda ou em situação de risco social; pais e mães de famílias em risco social e egressos do sistema penitenciário.

Em sua maioria, esses adolescentes são falantes de variantes do português dotadas de pouco prestígio social e, por isso, alguns desafios do projeto são combater o preconceito linguístico e discutir o ensino de língua portuguesa em contextos de exclusão. Hoje, há mais de 190 mil jovens cumprindo medidas socioeducativas no Brasil, de acordo com o Conselho Nacional de Justiça. Entre eles, a evasão escolar chega a 70%, mas o Projeto LetraJovem tem conseguido ótimos resultados, contribuindo para a integração produtiva dessa juventude à sociedade.

Clique aqui e assista ao documentário “Todas as Línguas”.


Todas as línguas – duração: 15 min; direção: Cássia F. Andrade

Data: 10 de julho de 2019

Horário: 14h

Local: Auditório da Reitoria