>>>Medicina social, saúde coletiva e prevenção sob a ótica da filósofa Hannah Arendt

Medicina social, saúde coletiva e prevenção sob a ótica da filósofa Hannah Arendt

O I Colóquio Internacional Interdisciplinar Hannah Arendt: totalitarismo, subjetividade e responsabilidade foi promovido pelo Núcleo de Direitos Humanos da PUC-Rio em parceria com o Grupo de Pesquisa do CNPq – Lappis do Instituto de Medicina Social da Uerj.

Tratou-se de um evento acadêmico, interinstitucional e multidisciplinar com o objetivo de debater e compartilhar reflexões sobre o “pensar das ideias da pensadora, cujas obras têm influenciando diferentes áreas da produção do conhecimento desde as ciências humanas e sociais, direito, educação e saúde”.

O Colóquio foi pensado para docentes, estudantes e pesquisadores das áreas do Direito, da Saúde Coletiva e da Educação, dessas e de outras áreas, tal como os representantes de movimentos sociais e ativistas de direitos humanos. Veja como foi:

Por | 2019-01-07T17:55:30+00:00 19 de dezembro de 2018|Uerj em Pauta|0 Comentários